Congresso Online Brasileiro De Serviço Social E Políticas Sociais
De 20/09 a 22/09

II CONBRASEPS

II Congresso Online Brasileiro de Serviço Social e Políticas Sociais

Inscreva-se gratuitamente

Sobre o congresso

O Congresso Online Brasileiro de Serviço Social e Políticas Sociais é o 1º congresso  da área 100% online cm inscrições gratuitas do Brasil.
Busca-se com esse evento discussões acerca de questões sociais nacionais e internacionais reunindo profissionais renomados da área de Serviço Social e Políticas Sociais.
A 2ª edição do CONBRASEPS ocorrerá entre os dias 22 e 24 de setembro de 2021 e contará com mesas redondas, palestras, minicursos, apresentação oral de resumos simples e expandidos a fim de partilhar com nossos congressistas o que de mais atual vem ocorrendo na área além de levantar questões sociais da atualidade.
O CONBRASEPS aceita resumos simples e expandidos para elaboração dos anais eletrônicos do evento com registro de ISBN.
O serviço social é uma profissão de caráter sociopolítico, crítico e interventivo, que se utiliza de instrumental científico multidisciplinar das ciências humanas e sociais para análise e intervenção nas diversas refrações da "questão social", isto é, no conjunto de desigualdades que se originam do antagonismo entre a socialização da produção e a apropriação privada dos frutos do trabalho.
Como campos de atuação profissional, podem ser citados: equipamentos da rede de serviços sociais, sejam eles rurais ou urbanos, nas organizações públicas, em empresas privadas, fábricas, nas organizações não governamentais, entidades, filantrópicas sem fins lucrativos, organizações sociais (OS), e fundações privadas. Assistentes sociais trabalham em unidades de saúde, estabelecimentos escolares, creches, abrigos, presídios, centros de convivência e de referência, universidades, ; nas administrações municipais, estaduais e federais; nos serviços de proteção jurídica; no âmbito das forças armadas, nos conselhos tutelares e de direitos, na gestão e planejamento; nos movimentos sociais; nas instâncias de defesa e de representação política, dentre outras.

A PROFISSÃO
Tem, como objetivo, a contribuição para a construção de uma ordem social, política e econômica menos desigual que a atual. Reconhecendo nos determinantes estruturais e nas dificuldades da realidade social, os limites e as possibilidades do trabalho profissional, e rebelando-se contra os problemas das injustiças, que afetam os desamparados socialmente.

MERCADO DE TRABALHO
A demanda por assistentes sociais é crescente no Brasil, de acordo com o Conselho Federal de Serviço Social (CFESS). A entidade tem registrados cerca de 160 mil profissionais. O forte continua sendo o setor público, em que as vagas costumam ser preenchidas por concurso. As oportunidades estão nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social, presentes em todos os municípios do país, e no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mas também em escolas, creches, hospitais, unidades básicas de saúde e ambulatórios especializados. Programas sociais do governo federal, como o Bolsa Família e o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), ampliam a procura para além das grandes cidades. Nos próximos anos deve crescer a procura na educação, já que tramita no Congresso Nacional uma lei que exige a presença do assistente social nas escolas públicas. Ele irá compor equipes, com pedagogos e psicopedagogos, para dar apoio a alunos com dificuldades de aprendizagem. ONGs e fundações também contratam o assistente social para atuar nos movimentos sociais ligados aos direitos das crianças e adolescentes, de idosos, da mulher, de negros, de indígenas e da comunidade LGBT.
Está surgindo uma nova área de atuação do assistente social: a socioambiental. O profissional é requisitado para atender, por exemplo, comunidades impactadas por construções de usinas hidrelétricas ou então que passaram por um problema ambiental causado pelas mudanças climáticas, como secas extremas ou inundações. A procura é maior no Sudeste, mas há demanda em todo o país.

O assistente social é um profissional que trabalha com as múltiplas manifestações da Questão Social. É importante enfatizar que é necessário, após a conclusão da graduação, se registrar no Conselho da categoria - Conselho Regional de Serviço Social - CRESS - que por sua vez é fiscalizado pelo Conselho Federal de Serviço Social - CFESS. Os espaços profissionais do assistente social situam-se nas áreas das políticas sociais públicas e privadas, ou seja, o assistente social é requisitado para o planejamento, a gestão e a execução de políticas, programas, projetos e serviços sociais. Atua prioritariamente no tripé Assistência, Saúde e Previdência que compõem a Seguridade Social. Está presente também em ações relacionadas às políticas direcionadas aos segmentos populacionais: criança, adolescente, idoso, mulher, negro e índio. (Fonte: pucminas.br)


Perguntas frequentes

Palestrantes

Beatriz da Silva Oliveira

Beatriz da Silva Oliveira

Formação na UniRedentor em Serviço Social Saiba mais

Ednei Fialho Lopes

Ednei Fialho Lopes

Atualmente coordena o Programa Voluntários Bradesco. Saiba mais

Vagner Rocha Simonin de Souza

Vagner Rocha Simonin de Souza

Coordenador do curso de Nutrição e professor da UniRedentor. Experiencia de 12 anos trabalhando com metodologias ativas. Saiba mais

Ariane Helena Coelho Raiol

Ariane Helena Coelho Raiol

Bacharel em Serviço Social (2019). Mestranda em Desenvolvimento e Meio Ambiente Urbano PPDMU/UNAMA. Saiba mais

Michele Ribeiro Haddad

Michele Ribeiro Haddad

Formada em Direito, especialista em Direito da Criança e do Adolescente e mestranda em Sociologia Política pela UENF. Saiba mais

Jonathan Carlos Herkert

Jonathan Carlos Herkert

Acadêmico de Serviço Social da UNIOESTE, 3º ano, pessoa com deficiência. Saiba mais

Pamela Jessica Teixeira do Carmo

Pamela Jessica Teixeira do Carmo

Bacharelanda em Serviço Social na Uniateneu. Saiba mais

Gabriela Batista de Oliveira

Gabriela Batista de Oliveira

Graduanda em Serviço Social pela UNINASSAU/JOÃO PESSOA. Saiba mais

Érica Pollyana Oliveira Nunes

Érica Pollyana Oliveira Nunes

Mestra em Serviço Social, docente no curso de Serviço Social, pesquisadora e extensionista. Saiba mais

Michele fagundes nobre

Michele fagundes nobre

Idelizadora do serviço social em questão . Pequisdora sobre a tematica da evolução dos direitos da mulher. Saiba mais

Marina de Macedo Silva

Marina de Macedo Silva

Assistente Social, Mestra e doutoranda do Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da UFBA. Saiba mais

Daniela de Carvalho Teixeira Magalhães

Daniela de Carvalho Teixeira Magalhães

Assistente Social, especialista em intervenção familiar e direito aplicado a saúde. Atuação em Atenção Domiciliar. Saiba mais

Aline Alves de Menezes

Aline Alves de Menezes

Aline Menezes Assistente Social e professora. Mestra em política social Residência em Saúde da Família Saiba mais

Eliane da Silva Pinto

Eliane da Silva Pinto

Assistente Social, Especialista em Direitos Humanos, Especialista em Atenção à Saúde do Idoso e mestranda em SESO. Saiba mais

Etuany Martins Rangel

Etuany Martins Rangel

Assistente social e doutoranda em Políticas Sociais pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Saiba mais

Marusa Silva

Marusa Silva

Historiadora. Doutora em Sociologia Política (UENF) Saiba mais

Está chegando o grande dia!

De 20/09 a 22/09


Participe do CONBRASEPS! Faça agora mesmo a sua inscrição gratuita!

Inscreva-se

Programação

(programação sujeita a alterações)

Inscreva-se gratuitamente